“Conhecer os Nossos Atletas” – Afonso Santimano: “A Natação é tudo!”

“Gosto muito de treinar às 7 da manhã. Fico até mais concentrado e ajuda-me imenso”

Para ele, “a Natação é tudo” e os treinos começam às 7 da manhã. Tem 16 anos acabados de fazer, mas um discurso de homem, que sabe o que quer. Falamos de Afonso Santimano, uma jóia de rapaz, com uma cabeça de oiro.

De sorriso fácil e cativante, fala com os olhos e acolhe de imediato a proposta feita para ser entrevistado.

Transmite uma atitude ponderada, onde impera a calma. Irradia simpatia e afigura-se um prodígio. É viciante conversar com ele, pois tem um raciocínio claro e  lógico, com todo o tempo do mundo para escutar atentamente e a seguir explanar de forma muito clarinha.

Aderiu à Natação ainda menino, no 4º ano, e desde há 5 que anda na competição por gosto, mas, também, um pouco levado pelos amigos.

afonso santimano 3 anara

Sílvia Mendonça (Treinadora) e Afonso Santimano, no II lugar do pódio

Quando se fala em Treinadores, recorda o Lúcio Rodrigues, o Hélder Gandarez, o Fábio Fernandes, mas a actual Treinadora – Sílvia Mendonça – é das melhores que já conheceu. “O facto de ela ter sido nadadora e experienciado muitas situações, faz com que entenda os nossos problemas. É muito rigorosa e dá tudo pelo Clube”. “A Sílvia é fantástica!”, remata, com uma expressão que diz mais do que qualquer bom adjectivo.

Foi esta Técnica que implementou os treinos às 7 horas da manhã e, apesar de algumas (pequenas) resistências, o facto é que os resultados já são visíveis. “Eu gosto muito de treinar às 7 da manhã. Fico até mais concentrado e ajuda-me imenso”, acentua Afonso Santimano, que tem como meta imediata continuar a treinar para atingir os mínimos nacionais. As vitórias conseguidas até aqui funcionam como estímulo numa escala ascendente.

Foi também com esta Treinadora – apaixonada pela Natação – que começaram os treinos fora de água, com o intuito de desenvolver mais os músculos. “Este treino suplementar ajuda muito!”, salienta Afonso, frisando: “A Sílvia tem um dinamismo diferente. Ela sabe o que quer e o que faz!”

Apesar de ter frequentado o Conservatório – aprendeu Flauta mas queria Piano – foi a Natação que levou a melhor na vida de Afonso Santimano.

afonso santimano 5 anara

Afonso Santimano com os colegas nadadores do CNH; a Treinadora, Sílvia Mendonça; e o Treinador Adjunto, David Castro

Lamenta que no Faial a competição esteja limitada, por falta de adversários, e aponta São Miguel como sendo uma ilha onde existem vários clubes, o que permite haver concorrência, sinónimo de competição. “Aqui, temos de ser competitivos contra nós próprios”. Contudo, tal facto não é desmotivador, muito pelo contrário, garantindo que vai seguir a Natação “até ser possível mantê-la”.

afonso santimano 2 anara

André Costa, Gonçalo Oliveira, Diogo Leonardo e Afonso Santimano

“Quando saímos em competições, é empolgante ver os os atletas dos outros clubes a nadar e sentimos ansiedade em saber que vamos competir contra eles. As bancadas estão sempre cheias com pessoas a apoiar. Assiste-se a uma grande gritaria com uns a puxarem pelos outros, enquanto aqui nós só temos os pais na bancada”, relata Afonso. Ainda assim, afirma convictamente que se pudesse trocar, não o fazia. “Gosto muito da minha equipa. No Clube Naval da Horta temos o espírito de equipa, sempre tivemos. Esse aspecto é fundamental numa equipa e não troco isso por nada”.

Este nadador sustenta que é possível haver amizade e competição. “Há uma fase para conviver e socializar e outra para treinar seriamente para as competições, mas nós apoiamo-nos sempre. Há cooperação entre a equipa”.

Tendo em conta que pensa vir a ser piloto comercial ou engenheiro informático, este jovem sabe que o seu futuro profissional será fora do Faial, mas adianta que, mesmo nesse cenário, “gostava de continuar a representar o Clube Naval da Horta”, cuja actual Direcção “é fantástica”.

Quando questionado sobre a facilidade em conciliar o desporto com a escola, o Sub-Capitão da Equipa de Natação do CNH admite que no Secundário se torna “cada vez mais difícil gerir tudo”. Por isso, há que definir prioridades e trabalhar por elas.

O tempo literalmente voou durante esta conversa, onde a noite parecia convidar a que se prolongasse ainda mais. Só no fim percebemos que a sala ficara vazia ou quase, pois, ao fundo, a família de Afonso aguardava, pacientemente, que ele terminasse esta confissão pública. 

afonso santimano 4 anara

Guilherme Nunes, Luís Neves e Afonso Santimano

Afonso: foi um gosto ter tido a oportunidade de conhecer-te um pouco melhor e perceber que a tua serenidade, inteligência e capacidade organizativa te podem levar até onde quiseres. A índole que encerras faz de ti um ser humano com coração generoso, alma grande e um nadador aplicado e disciplinado, que encontra na amizade um tesouro precioso.

São pessoas como tu que nos marcam e fazem toda a diferença, dentro e fora das competições.

afonso santimano 1

“No Clube Naval da Horta temos o espírito de equipa, sempre tivemos. Esse aspecto é fundamental e não troco isso por nada”

Fotografia cedida por: Afonso Santimano

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.