Windsurf do CNH: Curso de Aperfeiçoamento contou com 4 formandos

Luís Machado, Hugo Duarte, Belchior Neves (Monitor) e Vera Goulart 

Encerrou este mês o Curso de Aperfeiçoamento de Windsurf – iniciado em Agosto passado – uma iniciativa do Grupo de Trabalho da Secção de Windsurf do Clube Naval da Horta (CNH).

Recorde-se que esta iniciativa surge no seguimento do Curso de Iniciação realizado em 2017, com excelentes resultados, igualmente da responsabilidade deste Grupo de Trabalho, de que fazem parte Jorge Fontes, Rute Matos, João Medeiros e Flávio Pereira.

O Curso contou com 4 formandos e teve como Monitor, Belchior Neves.

Um dos grandes objectivos destes responsáveis, é precisamente a revitalização da Secção de Windsurf, modalidade em que o Faial foi pioneiro nos Açores.

Em nome do Grupo, Flávio Pereira faz o balanço a esta actividade.

encerramento curso aperf windsurf 1 2018

Preparação do material

- Gabinete de Imprensa do Clube Naval da Horta (CNH): Houve aulas práticas e teóricas?

- Flávio Pereira: Foram dadas 10 aulas práticas com noções teóricas caso a caso.

- Gabinete de Imprensa do Clube Naval da Horta (CNH): Quais os objectivos deste Curso? 

- Flávio Pereira: Este Curso de Aperfeiçoamento surge como nível seguinte ao Curso de Iniciação, dirigido a todos os formandos que o fizeram e aos restantes praticantes da modalidade que, independentemente do Curso, manifestassem vontade em adquirir ou melhorar competências neste desporto. Pretendemos, assim, e pelo nosso registo, criar o primeiro Curso de Aperfeiçoamento de Windsurf na ilha do Faial. Os principais objectivos foram: revisão e consolidação de conceitos básicos do Windsurf (Cursos de Iniciação); utilização de arnês e de ‘footstraps’; e atingir velocidades mais elevadas de modo controlado (planar).

- Gabinete de Imprensa do Clube Naval da Horta (CNH): Estes Cursos podem ser vistos como tentativas de dinamização desta Secção?

- Flávio Pereira: Sim, este Curso faz parte de um conjunto de objectivos delineados nesse sentido.

 - Gabinete de Imprensa do Clube Naval da Horta (CNH): Qual o balanço que é feito?

- Flávio Pereira: O balanço é positivo, tendo sido atingida a maioria dos objectivos propostos, desde logo pela promoção e conclusão do Curso. 

- Gabinete de Imprensa do Clube Naval da Horta (CNH): O que dizem os participantes?

- Flávio Pereira: Deram-nos um ‘feedback’ positivo. Embora não tenha sido possível atingir os objectivos propostos para todos os formandos, a evolução foi garantida em todos eles.

- Gabinete de Imprensa do Clube Naval da Horta (CNH): O Grupo de Trabalho da Secção de Windsurf do CNH sente-se satisfeito com mais esta actividade levada a cabo?

- Flávio Pereira: Naturalmente que sim. Devo dizer que o Curso demorou mais tempo a concluir do que era previsto devido à dificuldade em reunir as condições indicadas para a realização de aulas, uma vez que era necessário vento com alguma intensidade e minimamente constante para que pudessem ser postos em prática os objectivos delineados. Uma vez que se prolongou no tempo a obtenção de dias com as condições mínimas necessárias, tivemos, também, dificuldade em articular esses dias com a disponibilidade dos formandos, principalmente no Inverno, período em que apenas foi possível realizar sessões ao fim-de-semana.

encerramento curso aperf windsurf 5 2018

Luís Machado e Vera Goulart não deixam nada ao acaso

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.