Reactivada Secção de Motonáutica do CNH: Faial acolhe 3ª Prova do Campeonato Regional no dia 12 de Agosto

Márcio Gomes, Pedro Freitas, Marco Garcia e Tiago Mota, a caminho da 1ª Prova do Regional, na Terceira

Indo de encontro à vontade manifestada pelos Sócios e numa acção concertada entre a Direcção do Clube Naval da Horta (CNH) e os mais directos Responsáveis pela Motonáutica no Faial, encontra-se oficialmente reactivada a Secção de Motonáutica do CNH. A Conferência de Imprensa destinada a tornar pública a decisão, realizou-se na tarde de quarta-feira, dia 27, na Sala de Reuniões desta instituição náutica.

José Decq Mota, Presidente da Direcção do CNH, memorou que desde 1999 – altura em que desempenhava precisamente as mesmas funções de hoje – que esta “casa” manteve a Secção de ‘Jet Ski’ e Motos de Água, a qual contou com “o grande empenho” de Luís Prieto, ao tempo Vice-Presidente, tendo registado “elevada adesão”. “E houve 2/3 anos de intensa actividade, o que se revelou bastante interessante, com variadas iniciativas noutras ilhas dos Açores”, destacou este Dirigente.

“CNH: um Clube sempre aberto a novos projectos”

O mais alto Responsável pelos destinos do Clube Naval da Horta lembrou que esta instituição “sempre se dedicou a todas as modalidades náuticas que os seus associados queiram praticar”, mostrando “permanente abertura para a implementação de novos projectos”. E é nesse contexto que surge o reactivar da Secção de Motonáutica, que dispõe de uma recém-criada Comissão, da qual fazem parte Marco Garcia, como Coordenador; Pedro Mendonça, Márcio Gomes e Diogo Bajouco.

“O pior desastre que se podia fazer a este Clube era transformá-lo num ‘yatch club’. O CNH prima por ser um Clube aberto e sensível a todas as modalidades náuticas”, sustentou.

Esta Secção seguirá a política aplicada às outras e que passa pela apresentação de um Plano de Actividades, em acção articulada com a Direcção do CNH. Será o próprio Presidente a fazer a ponte entre esta Secção e a Direcção, cabendo a esta última a gestão do apoio, a cedência de contactos e outro tipo de entre-ajuda que se afigure necessário.

jose decq mota

José Decq Mota: “É com muito gosto que o CNH encara a reactivação da Secção de Motonáutica”

“Todas as Secções são igualmente importantes”

Respondendo a uma crítica de que, por vezes, é alvo, no sentido de haver Secções preferidas e preteridas ou, numa linguagem popular, que existem “filhas e enteadas”, José Decq Mota defende-se, esclarecendo que “há Secções de natureza e dimensão diferentes. Mas todas são igualmente importantes. As situações é que são diferentes”.

Prova do Campeonato Nacional no Faial, em 2019

A vontade de reactivar esta Secção é maior do que toda e qualquer atitude deliberadamente pensada para prejudicar o desporto e a visibilidade da Ilha Azul fora de portas, como foi aquela que aconteceu por parte da transportadora aérea regional “Azores Airlines” (SATA), que inviabilizou a realização da Prova do Campeonato Nacional desta modalidade que há muito estava marcada para o fim-de-semana de 4/5 de Agosto de 2018, no Faial. A falta de lugares (aliada aos preços exorbitantes) foi a causa principal que levou Marco Garcia a cancelar este evento, que traria à ilha do Faial cerca de 100 pessoas, entre atletas e familiares. Para José Decq Mota, trata-se de “uma política horrível”, que está descaradamente a prejudicar o desenvolvimento desta ilha. 

Sempre com o espírito de olhar para a frente e abrir novos caminhos, o Presidente da Direcção do CNH desafiou a recém-criada Comissão da Secção de Motonáutica do Clube Naval da Horta a abalançar-se à organização de um Campeonato Nacional já em 2019, repto que foi de imediato aceite por Marco Garcia. Nesse sentido, o Coordenador desta Secção confirmou a presença do Presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica (FPM), Paulo Ferreira, na 1ª Prova do Regional, a realizar este sábado, dia 30, na Terceira, constituindo uma “excelente oportunidade” no sentido de o sensibilizar para o Nacional, que se pretende venha a ter como palco a ilha do Faial já em 2019.

A organização de eventos nacionais é um aspecto em que  José Decq Mota e o CNH dão cartas, com reconhecimento no plano nacional e internacional. Exemplos disso são o Campeonato Nacional da Classe Hansa (Vela Adaptada) realizado em 2014 e até hoje enaltecido e recordado como tendo sido o melhor de sempre; os Campeonatos Nacionais de Apneia; ou o Campeonato Nacional de ‘Windsurf’, que se realizará na primeira semana de Outubro próximo, para só mencionar estes.

“O segredo do CNH na organização deste tipo de eventos reside na disponibilidade das pessoas”, frisou o Presidente do Clube Naval mais dinâmico dos Açores: o CNH.

O desejo de trabalhar em conjunto manifestou-se no decorrer desta Conferência de Imprensa em que, por um lado, Marco Garcia disponibilizou os elementos da Secção para darem apoio a eventos do CNH e, por outro, o Presidente viu essa nova colaboração como um contributo muito útil e importante nos tempos que se avizinham, em que o volume de iniciativas é cada vez mais exponencial, com particular ênfase para o factor segurança, sempre em primeira linha de atenção no Clube Naval da Horta.

No Faial: 3ª Prova do Campeonato Regional já no dia 12 de Agosto

A Secção de Motonáutica do CNH mal teve tempo de ser reaberta para já apresentar uma folha de serviço. Assim, no dia 12 de Agosto, em pleno domingo de encerramento do Festival Náutico da Semana do Mar, terá lugar a 3ª Prova do Campeonato Regional de Motonáutica dos Açores, tendo como palco a Baía da Horta. Esta será a primeira vez que uma competição regional irá acontecer no Faial, tendo sido convidado a estar presente o Presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica. Para a véspera, (dia 11), está marcado um pequeno passeio à volta da ilha.

José Decq Mota colocou a possibilidade de, no dia 3 de Agosto, haver uma demonstração de Motonáutica na Baía da Horta, o que foi visto com muito agrado por parte dos elementos desta Comissão.

Em termos de competições, foi referido que este sábado, dia 30, terá lugar a 1ª Prova do Campeonato Regional, na Terceira, em que participam 5 pilotos do Faial: Márcio Gomes, Pedro Freitas, Marco Garcia, Tiago Mota e Pedro Mendonça, estando já inscritos 26 atletas; e nos dias 7 e 8 de Julho decorrerá a 2ª Prova do Regional, em São Jorge.

Marco Garcia agradeceu todo o apoio dado pelo CNH até agora, realçando que esta Comissão tem como objectivos “sensibilizar e promover a prática da Motonáutica nas vertentes de lazer e de competição”.

O Coordenador da reactivada Secção de Motonáutica do CNH adiantou que existem 9 pilotos federados no Faial, explicando que são várias as disciplinas dentro da Motonáutica, das quais se pretende fazer uma demonstração, de forma individual, no Faial, em data a anunciar.  

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.