Atlantis Cup - Regata da Autonomia 2016 chegou à ilha de S. Jorge

O veleiro Quero-Quero, oriundo do Funchal, ilha da Madeira, foi o primeiro a cortar a linha de chegada, instalada à entrada do porto de Velas de S. Jorge. A tripulação madeirense completou a segunda perna da Atlantis Cup em 17 horas e 37 minutos. O veleiro Soraya, do Faial, Açores, foi a segunda embarcação a chegar à ilha de S. Jorge, liderando a classe Open, na qual participa a maioria da frota, da Regata da Autonomia.