Atlantis Cup - Regata da Autonomia - Veleiros rumaram à ilha do Corvo

atlantis cup 2016 2

30/07/16

A 28ª edição da Atlantis Cup – Regata da Autonomia já está no mar. Os 16 veleiros que fazem parte da frota da regata largaram de Lajes das Flores rumo à ilha do Corvo. Uma largada limpa, com o vento a soprar de nordeste, com velocidade superior a 5 nós.

A diminuição acentuada da velocidade do vento acabou por encurtar a primeira perna da Atlantis Cup 2016, tendo sido montada a linha de chegada na ilha do Corvo. A generalidade dos veleiros acabou por desistir da competição e ligar os motores, chegando à ilha do Corvo com as velas arreadas.

Apesar das condições de vento não terem sido as desejas, o espírito dos participantes está elevado. Além da competição, as tripulações que participam na Atlantis Cup procuram a aventura e a oportunidade de conhecer as várias ilhas açorianas. Pela primeira vez a Regata da Autonomia é disputada no Grupo Ocidental, pelo que o mais importante foi chegar à ilha do Corvo.

A 2ª etapa da Atlantis Cup 2016 liga Lajes das Flores a Velas de S. Jorge e será a mais longa, percorrendo os veleiros cerca de 145 milhas náuticas.

Organizada pelo Clube Naval da Horta, desde 1987, a regata Atlantis Cup 2016 está dividida em duas classes: ORC - Offshore Racing Congress e Open (classe não sujeita aos ratings).

Para levar a cabo este evento a organização conta com diversos apoios:

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, Governo dos Açores, Câmara Municipal da Horta, Câmara Municipal de Lajes das Flores, Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores, Câmara Municipal do Corvo, Câmara Municipal de Velas, Portos dos Açores SA e Comando da Zona Marítima dos Açores.
 
A Atlantis Cup 2016 têm ainda o apoio da Sail Azores, Atlanticoline, Horta Marina, Click – Saúde & Bem Estar, NOS Açores, Sata, Vela Açores, Clubes Navais de Horta, Velas e Lajes das Flores.

Texto: Francisco Piedade
Fotos: José Macedo

                  arc_logo