“A Figura do Mês” - João Corvelo: “O Faial sem o CNH é como um veleiro sem mastro!”

“Acompanho, com interesse, todas as actividades relacionadas com a Vela”

João Resendes Nunes Corvelo, que desde tenra idade sentia um grande fascínio por barcos (à vela) e por aviões (anfíbios), integra a galeria daqueles que presidiram aos destinos do Clube Naval da Horta (CNH), a única instituição náutica faialense, que este ano completou 71 anos ao serviço do Faial e dos Açores nos desportos náuticos, na formação das camadas jovens e na divulgação desta Terra além-fronteiras.

Na Assembleia-Geral realizada a 21 de Abril do recuado ano de 1982, este Sócio tomava posse como Presidente da Direcção do CNH para o mandato de 1982 a 1984, como comprova o excerto da acta abaixo reproduzida:

fig mes joao corvelo 2

Tal como na actualidade, já nessa altura havia um Presidente e dois Vice-Presidentes

Documento cedido pela Secretaria do CNH

Na entrevista de hoje, João Corvelo, um homem dividido entre os ares e os mares, que mesmo sem frequentar o Clube o mantém no coração, conta-nos como foram esses tempos e por que razão não se sentiu nem sente impelido a repetir a experiência.

fig mes joao corvelo 3

Primeira regata do veleiro “ANA” (depois de 1985), propriedade de João Corvelo

- Gabinete de Imprensa do CNH: Como decorreu esse período em que esteve na presidência do CNH?

- João Corvelo: Com muito entusiasmo e muitas iniciativas lúdico/desportivas.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Foi fácil reunir esse elenco? O que o moveu?

- João Corvelo: Foi fácil, porque estávamos a preparar um exame para Patrão de Vela e Motor. Foram estes Amigos o núcleo duro para a Lista a apresentar à Assembleia-Geral.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Destaca o trabalho de alguém?

- João Corvelo: Todos se destacaram, numa época em que tudo era difícil e sem condições mínimas ao nível das instalações e de apoios.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Como foi gerir a “casa” nessa altura?

- João Corvelo: Não foi tarefa fácil!

fig mes joao corvelo 4

Veleiro “ISABELLA” (salva-vidas reciclado) utilizado na primeira edição da Horta/Velas/Horta, Regata em que João Corvelo alcançou a última posição 

- Gabinete de Imprensa do CNH: O que recorda pela positiva e gostaria de destacar?

- João Corvelo: Destaco a grande amizade que se estabeleceu entre nós e que perdura ao fim de tantos anos.

Em termos de  instalações, só conseguimos a cedência, pelo Serviço de Lotas, de um contentor para a Secção de Escanfadria e um bebedouro cedido pela Direcção das Obras Públicas, que ainda se encontra em frente da antiga Sede.

Vendemos a Chalupa “Ilha Azul”, que se encontrava totalmente degradada, e adquirimos para a substituir um veleiro em fibra de vidro, o “Ilha Azul II”.

Iniciámos a Regata Horta/Velas/Horta, que rapidamente se transformou num sucesso, por ser uma regata/convívio e ter porto de partida e porto de chegada.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Havia envolvimento dos Sócios?

- João Corvelo: Não havia grande envolvimento dos Sócios, mas os que se envolviam era com paixão.

- Gabinete de Imprensa do CNH: O quadro de funcionários deveria ser muito reduzido...

- João Corvelo: Apenas havia um funcionário polivalente, que se desdobrava para acudir a todas as actividades.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Já nessa altura se falava na nova sede?

- João Corvelo: Com certeza!

- Gabinete de Imprensa do CNH: Não ponderou um 2º mandato a seguir ou noutra altura?

- João Corvelo: Não estou motivado para essa tarefa de grande exigência.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Considera que o Clube está, actualmente, muito diferente daquilo que era no seu tempo de Presidente?

- João Corvelo: Completamente!

- Gabinete de Imprensa do CNH: É um Sócio frequentador do Clube? Acompanha a actividade desta instituição?

- João Corvelo: Raramente frequento o Clube, mas diariamente passo a caminho da Marina.

Acompanho, com interesse, todas as actividades relacionadas com a Vela.

- Gabinete de Imprensa do CNH: O que faz falta ao CNH?

- João Corvelo: Novas instalações.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Acha que o Clube poderá ir mais além nas suas actividades?

- João Corvelo: Não é fácil.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Como define o actual Presidente?

- João Corvelo: O Homem certo no lugar certo.

fig mes joao corvelo 5

Voando em Spi

- Gabinete de Imprensa do CNH: Qual a importância do Clube para o Faial?

- João Corvelo: O Faial sem o CNH é como um veleiro sem mastro!

- Gabinete de Imprensa do CNH: Qual a Secção com que mais se identifica?

- João Corvelo: Vela. 

- Gabinete de Imprensa do CNH: Acha que os Sócios podiam estar mais próximos do Clube?

- João Corvelo: Era importante para as duas partes.

- Gabinete de Imprensa do CNH: A realização da “Atlantis Cup” é um marco de relevo na história do CNH. Entende que o actual figurino é o melhor ou poderia haver alternativas?

- João Corvelo: A “Atlantis Cup” é posterior ao tempo em que fui Presidente do CNH. Estive envolvido na sua organização inicial mas já sem pertencer à Direcção do Clube.

A primeira edição foi patrocinada pela “TAP” e a designação escolhida – “Atlantis” – foi por ser o título da revista de bordo.  

Não vejo alternativas ao actual figurino da Regata.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Pensa que o Clube poderá ter futuro dentro da linha que tem vindo a ser seguida?

- João Corvelo: Entendo que sim.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Para si, o que representa o CNH? 

- João Corvelo: Não imagino a Baía da Horta sem o nosso Clube!

- Gabinete de Imprensa do CNH: Daquilo que ouve, das conversas que mantém com outras pessoas, o que se diz sobre esta instituição?

- João Corvelo: Elogios e reconhecimento do gigantesco trabalho que tem sido realizado com eficácia.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Qual o perfil para se ser Presidente do CNH?

- João Corvelo: Ter gosto e entusiasmo pelas actividades náuticas.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Acha que os faialenses se apercebem da importância do CNH ou isso acontece apenas com uma determinada franja da população?

- João Corvelo: Acho que se apercebem da importância, sempre crescente, do nosso Clube.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Sente que há ligação entre o Festival Náutico e a Semana do Mar ou existe um divórcio entre o que se passa no CNH e o que acontece em terra?

- João Corvelo: A Semana do Mar é no mar durante o dia e o que se passa em terra acontece durante a noite. 

- Gabinete de Imprensa do CNH: O que poderia ser feito para unir estas duas vertentes (terra e mar)?

- João Corvelo: É difícil unir o dia à noite.

- Gabinete de Imprensa do CNH: Acha que poderia haver Semana do Mar sem Festival Náutico (tido como o maior do país)?

- João Corvelo: Impossível!

- Gabinete de Imprensa do CNH: O CNH tem contribuído para a ligação dos faialenses ao mar e aos desportos náuticos?

- João Corvelo: Desde a sua fundação.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.