Botes Baleeiros: Lajes das Flores vai acolher o Campeonato Regional de Botes Baleeiros

cnh 225Vai decorrer no próximo fim-de-semana, mais concretamente a 15, 16 e 17 de Julho, nas Lajes das Flores, o Campeonato Regional de Botes Baleeiros em Vela e Remo 2016, integrado nas festividades da XXXI Festa do Emigrante.

A prova, deliberada e marcada pela Comissão Consultiva do Património Baleeiro, tem organização do Clube Naval das Lajes das Flores, é promovida pela Direção Regional da Cultura do Governo Regional dos Açores e conta com os apoios da Câmara Municipal da Lajes das Flores e da Portos dos Açores, SA.

As regatas regem-se pelo Regulamento do Campeonato Regional de Botes Baleeiros em Vela e Remo, pode consultar o regulamento clicando aqui.

Ao longo dos três dias de provas, estão agendadas quatro regatas de vela (com possibilidade de um descarte) e três de remo.

De acordo com os critérios definidos na Deliberação que institui a prova, presente em anexo, têm o direito de participar neste Campeonato Regional os botes baleeiros e tripulações que representem todas as ilhas do arquipélago. Assim, nas regatas à Vela, a Ilha do Pico pode concorrer com quatro botes, a Ilha do Faial com dois e as restantes ilhas com um cada; nas regatas de Remo, a Ilha do Pico pode trazer dois botes baleeiros e as restantes ilhas podem concorrer com um bote cada.

Da Secção de Botes Baleeiros da Ilha do Faial, seguem então dois botes baleeiros, o “Senhora do Socorro” e o “Capelinhos”, o primeiro e segundo classificados do Campeonato de Ilha de 2015, respetivamente; e três tripulações, duas de vela e uma de remo. Os participantes faialenses viajam para a Ilha das Flores no navio “Santorini”, na noite desta quinta-feira, 14 de Julho, com saída prevista para as 23h55, acompanhando as tripulações das outras ilhas já embarcadas. O regresso das tripulações está marcado para a manhã da próxima segunda-feira, 18 de Julho.

Destaque também para a partida da lancha “Walkiria”, na manhã desta quinta-feira, que se desloca pelos seus meios até à Ilha das Flores, encurtando a distância de 120 MN entre as duas ilhas, com uma tripulação de cinco homens, para enquadrar o Campeonato e dar apoio nas regatas.