Botes Baleeiros: Walkiria concretiza viagem até à Ilha das Flores

walkiria 2015

A lancha baleeira Walkiria, património histórico e vivo operado pelo CNH, empreendeu esta quinta-feira a longa viagem entre o Porto da Horta e o Porto das Lajes das Flores, num total de 132 MN.

Com o objetivo de realizar a viagem durante o dia, a lancha zarpou do Faial cerca das 8h15, tendo chegado ao seu destino pelas 19h30, com sucesso e sem problemas a registar. De salientar as belíssimas condições meteorológicas para a realização da viagem, que ajudou também a que tudo corresse pelo melhor.

Esta aventura de cerca de 11h ficará para a história do Clube, pela viagem que a Lancha realizou a tão longínquas paragens para participar em provas de botes baleeiros.

No seu interior, seguiu uma comitiva composta por cinco elementos: José Decq Mota, Presidente da Direção do Clube Naval da Horta e membro da Comissão Consultiva do Património Baleeiro; Vítor Mota, elemento da Direção do Clube Naval da Horta e responsável pela lancha; José Macedo, fotógrafo amador; Carlos Silva e Horácio Silva, ambos entusiastas de botes baleeiros.

A Walkiria está presente nas Lajes das Flores para enquadrar o panorama baleeiro e dar apoio ao Campeonato Regional de Botes Baleeiros em Vela e Remo 2016, que decorrerá a 15, 16 e 17 de Julho, inserido na XXXI Festa do Emigrante. A viagem de regresso está prevista para a próxima segunda-feira, 18 de Julho.

Boa sorte e bons ventos a todos!